Esportivo

A importância dos alimentos orgânicos para o bom desempenho do atleta

alimentos orgânicos

No texto de hoje, vamos falar da importância dos alimentos orgânicos, como verduras e legumes para a manutenção da saúde e do bom desempenho de atletas:

As folhas verdes ganham mais importância no cardápio diário pois proporcionam uma alimentação leve, nutritiva e saudável. Além disso, garantem praticidade e pouco tempo para preparar um prato muito saboroso. As folhas e vegetais são muito importantes na alimentação e nas dietas, porque são alimentos ricos em fibras e estas contribuem para o bom funcionamento do intestino ajudando na digestão. São fontes de vitaminas e sais minerais que ajudam a manter o nosso organismo em perfeito funcionamento.

O consumo de folhas verdes, legumes e verduras contribui para o controle de peso, pois tem grande capacidade de saciedade quando ingeridos em boa quantidade, além de ter poucas calorias. No verão, esses alimentos passam a ser ainda mais apreciados por se tratar de uma preparação agradável, com alto poder hidratante pela grande quantidade de água presente. A preparação é fácil e de rápida digestão, evita assim a sensação de estômago cheio e moleza pós refeição. A salada (como legumes cozidos, crus, folhas verdes e verde-escuras) é a refeição ideal para quem está procurando perder alguns quilos, ou querendo baixar de categoria.

Veja alguns benefícios do consumo diário de saladas nas refeições:
  • Elas possuem baixa caloria e com isso contribui para a perda de peso;
  • Fornecem fibras, minerais e vitaminas para o nosso organismo que ajuda no funcionamento do mesmo;
  • Possui alto teor de água, por isso hidrata o corpo;
  • Exige pouco tempo de preparo;
  • Fácil digestão pelo organismo.
Para torná-la ainda mais saudável, seguem algumas dicas:
  • Compre vegetais de época, orgânicos e frescos, pois além de mais baratos eles apresentam uma melhor concentração de nutrientes;
  • Procure folhas inteiras, limpas e sem manchas amarelas;
  • Lave bem os vegetais e em seguida deixe-os de molho com hipoclorito por quinze minutos;
  • Opte por temperos naturais como sal marinho, ervas, limão e vinagre, pois são menos calóricos e podem acrescentar vitaminas e antioxidantes à receita.
  • Prepare e tempere os ingredientes perto da hora de consumí-los. Esta medida é importante para preservar o frescor e os nutrientes da salada;
  • Não abuse nos óleos e azeite, pois apesar de saudáveis eles são bem calóricos;
  • Cuidado com os acompanhamentos como molhos a base de maionese, creme de leite, queijos, e demais ingredientes com alto teor de calorias e gorduras. Prefira os que são à base de iogurte, mostarda e laranja no lugar da maionese tradicional.

Sejam elas simples ou mais sofisticadas, as saladas são muito bem vindas para quem está ou não de dieta. Portanto, a ingestão de verduras e legumes associada à uma alimentação saudável, com a ingestão de sementes, fibras etc pode melhorar muito a qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *